Alcinopolis. Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018. Boa Tarde!

Política

Candidatos ao Governo não podem gastar mais que R$ 4,9 milhões em campanha no 1° turno

Campanha começa dia 16 de agosto

A quatro dias do início do período oficial de campanha, candidatos ao Governo de Mato Grosso do Sul não podem ultrapassar o limite de R$ 4,9 milhões para gastos no primeiro turno. Caso nenhum dos seis postulantes atinja maioria absoluta dos votos válidos no dia 7 de outubro, a legislação eleitoral permite que outros R$ 2,45 milhões poderão ser empregados em um eventual segundo turno.

Nesse pleito, o tempo de campanha foi reduzido. Oficialmente, a corrida começa no dia 16 de agosto e termina na véspera da votação, dia 6 de outubro. No rádio e na tevê, conforme estabelecido pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), os postulantes ao Executivo Estadual terão do dia 31 de agosto a 4 de outubro para apresentar suas propostas.

Mesmo com a proximidade da data final para registro, somente o candidato do PDT, Odilon de Oliveira, e o atual governador Reinaldo Azambuja (PSDB) solicitaram o registro de suas candidaturas no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) até este domingo (12).

Bens declarados

Estreante na disputa por cargo eletivo, o juiz federal aposentado declarou à Justiça Eleitoral 10 bens no valor total de R$1.599.131,35. O candidato a vice-governador na chapa, o bispo Marcos Vitor (PRB) não tem nenhum bem declarado. Mesma situação de 2014, quando o membro da Igreja Evangélica Sara Nossa Terra, de Dourados, tentou eleito como deputado federal, sem sucesso.

Em busca da renovação do comando do Parque dos Poderes por mais quatro anos, Reinaldo Azambuja declarou ao TRE-MS 51 bens no valor total de R$38.698.697,47. Na última eleição que disputou, em 2014, Reinaldo declarou patrimônio de R$37.850.615,73.

Em quatro anos de governo, a variação do patrimônio do tucano foi de 2,24%, bem menos que a inflação oficial do período, de 25,06%. Em 2014, Reinaldo foi o candidato eleito mais rico do Brasil.

Candidato a vice na chapa tucana, batizada de “Avançar com responsabilidade”, o democrata Murilo Zauith, ex-prefeito de Dourados, declarou R$12.479.014,52 em bens, 209% a menos que o titular.

midiamax

Publicidade

Não deixe de ler


Nas Galerias de Fotos
  • Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP
  • Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte. Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte.
  • 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras. 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras.
  • Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis
  • Enlace matrimonial Enlace matrimonial "Chicão & Meire"
[+] Galerias de Fotos
Publicidade