Alcinopolis. Segunda-feira, 12 de Novembro de 2018. Boa Noite!

Policial

Homem suspeito de intermediar atentado a prefeito é morto em Paranhos

Ele foi assassinado após sair da delegacia onde prestou depoimento. Segundo a polícia, os suspeitos de cometer o crime foram perseguidos mas conseguiram fugir pela fronteira com o Paraguai.

Homem suspeito de intermediar atentado a prefeito é morto em Paranhos

Homem suspeito de intermediar atentado a prefeito é morto em Paranhos

Um homem suspeito de intermediar o atentado contra o prefeito de Paranhos, Dirceu Bettoni (PSDB), foi morto a tiros na tarde deste domingo (17) em uma praça da cidade, que fica a fica a 466 quilômetros de Campo Grande.

Segundo a polícia, o crime aconteceu logo após ele ter saído da delegacia onde prestou depoimento. O homem seria o responsável por mostrar uma foto, a casa e a empresa do prefeito da cidade ao pistoleiro contratado para matá-lo.

 
Homem suspeito de intermediar atentado ao prefeito de Paranhos é morto logo após prestar depoimento em delegacia. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)Homem suspeito de intermediar atentado ao prefeito de Paranhos é morto logo após prestar depoimento em delegacia. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Homem suspeito de intermediar atentado ao prefeito de Paranhos é morto logo após prestar depoimento em delegacia. (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Segundo o delegado Mikail Faria, de Amambai, que investiga o caso, foram presos Gabriel Queiroz e sua esposa, Djuly Priscilla Pena Couto. Ele confessou que tentou matar Bettoni e apontou o homem morto como intermediário do atentado.

No local do assassinato foram recolhidos 45 projéteis, sendo 37 balas de calibre 9mm e oito balas de pistola ".40". A polícia chegou a perseguir os suspeitos, mas eles conseguiram fugir atravessando a fronteira com o Paraguai.

Prisão

A polícia prendeu na madrugada deste domingo (17), na BR-163, em Rio Brilhante, o suspeito de atirar no prefeito de Paranhos. De acordo com a polícia, ele estava com a mulher e confessou que receberia R$ 20 mil pela execução.

Ainda segundo a polícia, o suspeito disse que parte do valor, R$ 5 mil, foram depositados na conta da esposa. Parte do dinheiro foi usado para a compra da motocicleta utilizada no crime. O homem mora em Campo Grande e já cumpriu pena por roubo. Ainda à polícia, ele disse que não sabia que a vítima era o prefeito.

O atentado seria um acerto de contas após um negócio imobiliário que deu errado. A polícia ainda não divulgou o nome do mandante.

Dirceu Bettoni continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital particular de Dourados, região sul do estado, a 250 quilômetros da capital. Nesta segunda-feira (8) ele deve ser transferido para o quarto. De acordo com informações da equipe médica, o estado de saúde dele é estável.

O caso

O prefeito foi atingido por quatro disparos na casa dele, na última quinta-feira (14). As balas acertaram a cabeça, boca, ombro e o abdômen de Bettoni. De acordo com a polícia, a munição utilizada era de baixa qualidade e, possivelmente, velha.

A equipe da TV Morena, tentou contato com os parentes que acompanham o prefeito em Dourados para repercutir as investigações, mas ninguém quis falar sobre o assunto.

G1

Publicidade

Não deixe de ler


Nas Galerias de Fotos
  • Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP
  • Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte. Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte.
  • 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras. 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras.
  • Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis
  • Enlace matrimonial Enlace matrimonial "Chicão & Meire"
[+] Galerias de Fotos
Publicidade