Alcinopolis. Terça-feira, 25 de Junho de 2019. Boa Tarde!

Policial

Homens armados invadem alojamento do Corumbaense após confusão em estádio

'Por um milagre de Deus, um livramento mesmo, o meu quarto era o único que estava trancado', disse Marlos, meia que viveu momentos de terror em Corumbá (MS).

Homens armados invadem alojamento do Corumbaense após confusão em estádio

Homens armados invadem alojamento do Corumbaense após confusão em estádio

Três homens armados invadiram o alojamento dos jogadores do Corumbaense, time de Corumbá, região pantaneira de Mato Grosso do Sul e que disputa a Série D do Brasileirão. Eles procuravam o meia Marlos, que decidiu ir embora da cidade.

Nesse domingo (19) o lateral Fabinho estava no portão falando com a mãe ao telefone quando os criminosos chegaram. Um o segurou e os outros dois entraram a procura de Marlos que estava em um dos quartos.

"Eles invadiram o alojamento armados, graças a Deus que meu quarto estava trancado, eles entraram em todos os quartos, e por um milagre de Deus, um livramento mesmo, o meu quarto era o único que estava trancado. Ele mostrou o revólver carregado e falou aqui é para o Marlos, fala para ele que nós vamos voltar mais tarde e pegar ele", disse Marlos.

Dezessete jogadores estavam no alojamento quando os bandidos invadiram o local. Atletas disseram que um dos homens fazia parte da torcida do jogo de sábado (18). Na ocasião, houve tumulto no estádio Arthur Marinho, na partida entre Corumbaense e Iporá. O time da casa perdeu por 2 a 0. De acordo com o meia, torcedores o ameaçaram no final da partida.

"Veio para o lado da grade me ameaçando, falando que eu era um vagabundo, me xingando de várias palavras, vários nomes e me ameaçando, dizendo que ia me pegar lá fora. A única coisa que falei é que estava esperando ele lá fora, entendeu. Acabou o jogo e quando eu fui substituído eu falei: e aí mano, porque você veio me jogar o copo de cerveja, te fiz alguma coisa? Aí ele falou, você é vagabundo, você está roubando o clube", completou.

Um vídeo mostra os jogadores indo para o vestiário e aglomeração da torcida. A Polícia Militar chegou a afastar torcedores. Após a ameaça Marlos decidiu ir embora de Corumbá e rescindiu o contrato com o time.

A diretoria do clube informou que já procurou a polícia e está juntando mais provas que possam ajudar nas investigações.

 

G1 MS

Publicidade

Não deixe de ler


Nas Galerias de Fotos
  • Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP
  • Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte. Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte.
  • 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras. 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras.
  • Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis
  • Enlace matrimonial Enlace matrimonial "Chicão & Meire"
[+] Galerias de Fotos
Publicidade