www.alcinopolis.com

Cassilândia: Mulher é suspeita de falsificar documentos e atuar ilegalmente como professor


Publicado em: 02/03/2018 por alcinopolis.com

J. Q. de O., 40 anos, é suspeita da prática de crime de Uso de Documento Falso e de contravenção penal de exercício ilegal de profissão em Cassilândia (MS).

A 1ª Promotoria de Cassilândia encaminhou informações e documentos à Delegacia de Polícia Civil e solicitou que fosse instaurado inquérito policial para investigação. Esta se baseia no fato de que a suspeita entregou um diploma, datado de 2011, supostamente emitido por uma faculdade do interior Estado de São Paulo. No entanto, em 2009 – dois anos antes – o Ministério da Educação (MEC) determinou o descredenciamento da faculdade e o consequente encerramento da oferta de seus cursos.

O inquérito visa a apurar a autenticidade ou não do certificado, histórico escolar e formação da professora.

As informações são da Polícia Civil de Cassilândia.