Alcinopolis. Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018. Boa Noite!

Policial

MS tem registro de pelo menos 3 estupros ao dia em 2018

Também já foram registrados até agora, sete casos de feminicídios, 1.552 crimes de violência doméstica e 34 de tentativas de estupros.

MS tem registro de pelo menos 3 estupros ao dia em 2018

MS tem registro de pelo menos 3 estupros ao dia em 2018

Os números de casos de estupros - crime que causa consequência psicológica devastadora nas vítimas - são assustadoras, em pleno . De janeiro até o dia 28 de março, 328 mulheres foram estupradas em Mato Grosso do Sul. Considerando o número de dias, são 3,7 casos a cada 24 horas.

Em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram 379 casos, houve queda de 13%, mas ainda assim o número é alto. No total, 2017 fechou com 1.686 casos.

Também já foram registrados nos primeiros três meses deste ano, sete casos de feminicídios, 1.552 crimes de violência domésticas e 34 de tentativas de estupros. Os dados são da Sejusp(Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública).

O estupro pode ter como vítima tanto homens quanto mulheres, mas as mulheres são os alvos. Até porque parte desses crimes, em geral, não é notificado, principalmente, quando a vítima é do sexo masculino. O Estado, no ano passado, liderou o ranking dos municípios com a maior taxa percentual, totalizando 54,4 estupros para cada 100 mil habitantes.

Em Campo Grande, casos devem ser denunciados na Delegacia da Mulher, que fica dentro da Casa da Mulher Brasileira (Foto: arquivo/Campo Grande NewsEm Campo Grande, casos devem ser denunciados na Delegacia da Mulher, que fica dentro da Casa da Mulher Brasileira (Foto: arquivo/Campo Grande News

Na fim da tarde da última segunda-feira ( dia 21), uma mulher de 23 anos foi rendida na rua, arrastada até um carro e estuprada. Principal suspeito de ter cometido o crime, o pintor André Silva de Oliveira, 31 anos, foi preso em flagrante em casa, no mesmo dia.

A vítima foi surpreendida enquanto caminhava na Avenida Vereador Thyrson de Almeida, prolongamento da Ernesto Geisel, no Bairro Guanandi II, região sul de Campo Grande. Ele nega o crime.

Em Dourados, distante 233 quilômetros da Capital, uma adolescente de 17 anos ficou em coma alcoólico e sofreu abuso sexual durante festa open bar organizada por universitários da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). O foi fato foi registrado no dia 19 deste mês.

Na Capital, casos de violências devem ser denunciados na Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), que fica na Avenida Brasília, no Jardim Imá.

CAMPO GRANDE NEWS

Publicidade

Não deixe de ler


Nas Galerias de Fotos
  • Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP
  • Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte. Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte.
  • 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras. 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras.
  • Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis
  • Enlace matrimonial Enlace matrimonial "Chicão & Meire"
[+] Galerias de Fotos
Publicidade