Alcinopolis. Sábado, 15 de Dezembro de 2018. Boa Noite!

Dia a Dia

Raquel Dodge assina acordo de cooperação com MPMS contra crime organizado

Raquel Dodge assina acordo de cooperação com MPMS contra crime organizado

Raquel Dodge assina acordo de cooperação com MPMS contra crime organizado

Raquel Dodge assina acordo de cooperação com MPMS contra crime organizado

A procuradora-geral da república, Raquel Dodge, assinou um acordo para troca de informações com os Ministérios Públicos

Estaduais de Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo nesta quarta-feira (28) em Brasília (DF).

De acordo com a PGR, a iniciativa tem o objetivo de aprimorar a cooperação entre os Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco),

vinculados aos MPs estaduais, a Câmara Criminal (2CCR) e a Secretaria de Perícia, Pesquisa e Análise (Sppea), ligadas à Procuradoria-Geral da República (PGR),

no enfrentamento das organizações criminosas radicadas no Brasil.

Participaram da solenidade de assinatura, o procurador-geral de justiça de Mato Grosso do Sul, Paulo Cezar dos Passos; o procurador-geral de justiça do Paraná,

Ivonei Sfoggia, além do subprocurador-geral de justiça de políticas criminais e institucionais, Mario Luiz Sarrubbo, representando o Procurador-Geral de Justiça de São Paulo.

O acordo estabelece que, num prazo de 30 dias, serão escolhidos representantes de cada MP, que atuarão como pontos de contato em duas áreas:

operações de inteligência e atividades investigativas e processuais.

O primeiro grupo contará com um representante da Sppea e membros do Gaeco de cada estado. Já em relação à segunda vertente, além dos representantes dos Gaecos,

será eleito um membro da Câmara Criminal, do Ministério Público Federal (MPF). As instituições também se comprometem a promover a cooperação técnica por

meio do constante intercâmbio de conhecimentos e boas práticas.

“A eficiência no enfrentamento das organizações, a ser promovido pelo Ministério Público, não pode prescindir da atividade de inteligência,

devendo assumir um caráter resolutivo, não se resumindo a medidas procedimentais e processuais”, destacou a Procuradora-Geral.

Na avaliação de Raquel Dodge, a proliferação das organizações criminosas demanda do MPF e dos MPs estaduais a criação de novos mecanismos de atuação,

levando-se em conta caráter interestadual e transnacional desse tipo de criminalidade.

De acordo com Raquel Dodge, a proliferação das organizações criminosas demanda do MPF e dos MPs estaduais a criação de novos mecanismos de atuação,

levando-se em conta caráter interestadual e transnacional desse tipo de criminalidade.

Para o procurador-geral de justiça, Paulo Cezar dos Passos, a cooperação entre o Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul e o Ministério Público

Federal possui o condão de aproximar as instituições, com a melhoria das atividades de inteligência e execução dessas instituições,

“Uma vez que o enfrentamento ao crime organizado impõe a cooperação entre os diversos ramos do Ministério Público brasileiro, São estados que têm

influência direta na atuação da região da fronteira com o Paraguai. O Mato Grosso do Sul e o Paraná por fazerem fronteira,

mas também o estado de São Paulo, principal destino dos produtos do crime organizado”, acrescentou, disse Paulo Passos.

midiamax

Publicidade

Não deixe de ler


Nas Galerias de Fotos
  • Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP Leilão em Prol do Hospital de Amor - Barretos-SP
  • Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte. Palestras: 3º Seminário da Pecuária de Corte.
  • 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras. 1ª Exposição Fotográfica das Famílias Pioneiras.
  • Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis Cafundó: Trilheiros de Alcinópolis
  • Enlace matrimonial Enlace matrimonial "Chicão & Meire"
[+] Galerias de Fotos
Publicidade